REGIÃO

Unimed Missões estimula controle de infecções através da higienização de mãos


  • Por
  • 04/12/2017 - 09h20
No último indicador, maior adesão foi registrada pela Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) (Unimed/Divulgação)

O Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital Regional Unimed Missões atua na prática do Monitoramento do Indicador de Adesão à Higienização das Mãos de forma Observacional. A metodologia cumpre o Programa de Controle das Infecções Hospitalares (PCIH), preconizada pelo Ministério da Saúde como uma estratégia para aumentar a adesão dos profissionais de saúde a essa prática tão importante para o controle de infecções e segurança dos pacientes.

Para estimular o envolvimento das equipes, foi instituída, desde fevereiro deste ano, uma atividade lúdica mensal, com troféu rotativo e lanche oferecido a unidade que tiver melhor desempenho no indicador. Conforme a Coordenadora do SCIH, Enfermeira Janine Goldschimidt de Ávila, essa é uma maneira de valorização dos colaboradores que cumprem seu papel na prevenção das infecções. “A ação reflete positivamente, elevando o indicador de adesão à higienização das mãos no Hospital, contribuindo para uma menor taxa de infecção hospitalar, em uma época de multirresistência nas Instituições de Saúde. O monitoramento mensal das taxas de infecção contribui para a segurança dos pacientes e na qualidade assistencial”.

A Enfermeira destaca alguns cuidados necessários que costumam ser deixados de lado na hora da higienização das mãos: “Não basta lavar as mãos e não fazer isso da forma correta. Um dos maiores erros cometidos é que muitas pessoas se esquecem de retirar as joias, que são objetos que frequentemente acumulam micro-organismos. As mãos são usadas para praticamente tudo, e a pele é um reservatório para bactérias que podem ser transferidas facilmente de uma superfície a outra através de contato direto (pele com pele), ou indireto (toque em objetos e superfícies contaminadas) ”.

PUBLICIDADE
`).insertAfter(ps.get(i - 2)); }