REGIÃO

Tava localizada no sitio histórico recebe certificado como Patrimônio Cultural do Mercosul


  • Por
  • 07/02/2019 - 08h39
Inicio das obras de requalificação urbanisticas também serão assinadas na sexta no Sítio de São Miguel das Missões (Iphan/Divulgação)

Nesta sexta-feira, 8, São Miguel das Missões celebrará duas novidades: o início da primeira etapa da obra de requalificação urbanística do entorno do Sítio de São Miguel Arcanjo e a entrega do certificado da Tava como Patrimônio Cultural do Mercosul. As ações serão anunciadas em solenidade promovida pelo Iphan e o Ministério da Cidadania, às 10h.
O evento contará com a presença da presidente da instituição, Kátia Bogéa, dos diretores Robson de Almeida, Hermano Queiroz e Marcelo Brito, além de representantes do povo Guarani, autoridades locais e da coordenadora executiva da Comissão de Patrimônio Cultural do Mercosul, Gabriela Gallardo.
Requalificação urbana
São Miguel das Missões é uma das localidades que integram o PAC Cidades Históricas, programa do Governo Federal conduzido pelo Iphan, com foco no desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das cidades históricas brasileiras por meio de seu Patrimônio Cultural.
Nesta sexta, 8, será assinada a ordem de serviço para a obra que inicia a requalificação do entorno do Sítio de São Miguel Arcanjo. A proposta da intervenção é qualificar a infraestrutura urbana do local, melhorando condições de habitabilidade, drenagem, tráfego, acesso, entre outros, visando benefícios aos moradores e aos turistas.
Nessa primeira etapa serão trabalhados alguns trechos do Sítio, dando início à implantação de projeto que busca demarcar a região enquanto Parque Urbano, além de valorizar as atrações turísticas e fornecer um padrão de qualidade que poderá ser, gradualmente, expandido para o restante da cidade. Entre as ações previstas estão a implantação de trilhas, ciclovias e calçadas, condições de acessibilidade, novo paisagismo e a requalificação de três praças. O investimento é de R$3,05 milhões.
Tava
Ainda na região do Sítio de São Miguel Arcanjo, está localizada a Tava, Lugar de Referência para a memória e a identidade do povo Guarani. Construída e habitada por seus ancestrais a pedido de sua divindade, Nhanderu, o lugar sagrado foi Registrado pelo Iphan como Patrimônio Cultural do Brasil e, no ano passado, também reconhecido como Patrimônio Cultural do Mercosul.
A decisão foi tomada e anunciada no XVII Encontro da Comissão do Patrimônio Cultural do Mercosul, em outubro último, no Uruguai, e será agora oficializada com a entrega do certificado para os Guarani.
A titulação significa o reconhecimento da presença ancestral deste povo no território Yvy Rupá, organizado em uma grande rede étnica, formada por aldeias, caminhos e locais sagrados que hoje integram o Brasil, a Argentina e o Paraguai.
Além disso, a decisão vem ao encontro das solicitações das lideranças indígenas que, durante as ações de salvaguarda, compreenderam que era necessário ampliar essas relações com os países vizinhos, compartilhando os valores atribuídos à Tava.
Assim, com a anuência das comunidades envolvidas, o Iphan apresentou os estudos realizados sobre o bem cultural, mostrando sua importância como lugar sagrado onde todos, indígenas e não indígenas, podem aprender sobre a trajetória do povo Guarani.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }