REGIÃO

Dia de Campo evidencia importância da gestão da propriedade


  • Por
  • 12/09/2018 - 10h29
Emater/Divulgação

Agricultores e lideranças de Eugênio de Castro tiveram a oportunidade de participar de dia de campo sobre gestão sustentável da propriedade na última quinta-feira, 6. O grupo foi recepcionado na propriedade onde vive o casal Luiz e Sidônia, com o filho Jardel Zarth, em Rincão dos Dürks. Na oportunidade foram apresentados resultados do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, executado pela Emater/RS-Ascar e coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR). 

As principais atividades da propriedade são a cultura da soja, bovinocultura de leite e bovinocultura de corte. Nas estações foram abordados os temas gestão da propriedade e acesso ao crédito, irrigação, pastagem e fenação, o cuidado da água e preservação ambiental, segurança e soberania alimentar.

Ao final do encontro os participantes tiveram a oportunidade de degustar um lanche preparado pela família com alimentos produzidos na propriedade.

Entre as lideranças presentes no dia de campo estiveram o secretário municipal da Agricultura, Jaime Contri, secretário municipal de Obras, Leandro Radons, gerente regional da Emater/RS-Ascar de Santa Rosa, Ademir Renato Nedel, representante da SDR, Carlos Magno da Rocha Júnior, assistente técnico estadual em Sistemas de Produção Animal da Emater/RS-Ascar, Jaime Eduardo Reis, supervisor da Emater/RS-Ascar, Rubens Tesche, e os assistentes técnicos regionais Ivar Kreutz, Marco André Junges e Lisete Primaz.

Através de ações de Assistência Técnica, o Programa prevê a elaboração de diagnóstico detalhado da unidade de produção e após análise dos dados, a realização de planejamento e execução das ações para os anos subsequentes. Entre as ações pactuadas com a família Zarth e já implementadas, com assistência da Emater/RS-Ascar, estão o acesso ao crédito agrícola, implantação do sistema de irrigação, participação de dia  de campo sobre as atividades econômicas, ambientais e  sociais com forma de ampliar  e compartilhar experiências, melhorias no pomar e na horta doméstica. Também foram planejadas ações para facilitar o trabalho doméstico, análise e execução de correção do solo, melhoramento na alimentação do gado e orientações técnicas  de adubação e manejo fitossanitário na cultura da soja.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }