PRESENÇA ESPÍRITA

O dissabor chegou. Como enfrentá-lo?


  • Por
  • 06/11/2018 - 15h52

Um dos grandes males que nos aflige é a sensação de incapacidade e inferioridade que sentimos diante de uma dificuldade a ser superada. O ser humano, cheio de imperfeições, pois ninguém é perfeito, acha que jamais terá ânimo, muitas vezes, para enfrentar dissabores, pois o sentimento de busca do isolamento o torna uma pessoa triste para com todos.
O grande erro do ser humano tem sido na procura apenas nas farmácias, esquecendo de que a doença, muitas vezes, nasce em nosso íntimo. Quando algum dissabor aparece em nossa vida, imediatamente achamos que fomos abandonados por Deus e na busca de questionamentos caímos em depressão, pois também achamos que até os amigos nos abandonaram. Se maltratarmos o nosso pensamento com descrenças, medos e solidão, é certo que a doença física vai aparecer. Nossa felicidade e libertação de pensamentos negativos dependem apenas de nossas atitudes.
Nossos amigos espirituais nos ensinam que para vencermos nossas mazelas devemos fortalecer nossa força de vontade. E como buscá-la? Primeiramente, confiando na Divindade, é nunca imaginarmos que não vamos vencer esta ou aquela dificuldade, é mandarmos embora os pensamentos negativos, é irmos em busca da religião, é irmos ao encontro de ajuda de amigos sinceros, e não entrarmos no buraco do isolamento, é deixarmos o orgulho de lado, é sermos determinados para vencermos este momento, que será passageiro, em nossa vida, tendo uma certeza de que tudo vai passar e que nada de ruim será para sempre.
Não vamos nos entregar com espinhos e temporais que apareceram no caminho, pois tudo isso são provações, que se enfrentadas com fé, perseverança e coragem, será vencida. Por isso, que a prece é necessária para a alma, pois ela funciona como um alimento. Àquele que recorre à prece fica mais calmo e seguro, confiante no poder de Deus.
Não podemos esquecer jamais de que somos testados em nossa fé em vários momentos da nossa vida, e se vivemos num planeta de dor, provas e expiações, é porque ignoramos as leis sábias e divinas que nos regem. Portanto, mudemos o nosso comportamento com atitudes de mais fé em Deus, na medicina terrena que tanto tem salvado nossos doentes, nos amigos tesouros que podemos contar sempre, enfim, se mudarmos nossas atitudes, tudo mudará em nossa volta.
Nosso querido Chico Xavier recomenda: “Ninguém progride sem dificuldade a vencer. Não perca tempo, lembrando episódios tristes. Se você está num momento, considerado talvez, como sendo o pior de sua vida, siga adiante, na certeza de que se hoje o céu aparece toldado de nuvens, a luz voltará no firmamento, e o dia de amanhã será melhor”.
Aos queridos leitores e amigos deixo o meu carinho e até terça-feira.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }