POLICIAL

Polícia ouve testemunhas para elucidar o primeiro homicídio de 2019


  • Por
  • 03/01/2019 - 17h08

O delegado Heleno dos Santos, começou ontem a coletar depoimentos de várias testemunhas para elucidar o primeiro homicídio de 2019.
A vítima foi Juliano de Bastos Antunes, de 24 anos, que foi morto a golpes de faca.
De acordo com a delegada plantonista, Luciana Cunha da Silva, o crime aconteceu por volta da 1h45min, na rua Peru, próximo ao Case, no bairro Sagrada Família.
Testemunhas ouvidas contaram que a vítima saiu de uma casa onde havia uma comemoração. Na rua acabou se desentendo com outro homem e acabou entrando em luta corporal.
Os dois apresentavam sinais de embriaguez. Informações preliminares dão conta que na luta um deles caiu chocando-se no ônibus próximo ao local do crime.
Com ferimentos de arma branca a vítima recebeu socorro e foi conduzida ao Hospital Santo Ângelo, mas acabou não resistindo. A Polícia Civil tenta identificar o autor do crime.

BRIGADA
MILITAR
Embora a Polícia Civil não tenha afirmado haver um suspeito, a Brigada Militar em boletim repassado à imprensa informou que a namorada da vítima disse não ter visto o autor do homicídio.
A Polícia Militar também revelou que informações obtidas pelas guarnições davam apontavam como suposto autor do crime um homem conhecido pela alcunha de “Camioneta”.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }