POLICIAL

Incêndio: Comandante destaca agilidade na ação dos bombeiros


  • Por
  • 22/01/2019 - 16h14
Tenente-coronel salientou que membros da guarnição que estavam de folga foram convocados para atuar no combate ao fogo

O comandante do 11º Batalhão Bombeiros, tenente-coronel, Luis Augusto Chagas de Freitas, destacou o trabalho dos profissionais que atuaram no combate às chamas no prédio do antigo Hotel Brasil.
Ele salientou os esforço de todos nesta ação que mostrou a eficiência diante de um grande incêndio.
“Fomos acionados por volta das 20h32min. Havia cinco profissionais no Corpo de Bombeiros. Três vieram até o local com uma viatura menor e com os equipamentos para atuar no sinistro. Ao ser constato a dimensão do incêndio acionamos outros profissionais, inclusive que estavam de folga para atuar nesta operação que contou com quatro caminhões e uma viatura de resgate. Alguns até atuaram de bermuda e chinelo de dedo. Eles porém prestaram auxílio. Na linha de frente todos estavam usando EPIS (equipamentos de proteção individual)”, disse o tenente-coronel.
Chagas explica que as mangueiras utilizadas são adequadas e têm lance de 15 metros cada e que vão sendo encaixadas de acordo com a necessidade. Em relação a utilização de uma escada maior afirmou que é normal que tenha vindo depois. “Durante uma chamada os bombeiros não tem uma real dimensão do sinistro. Na medida que se tem necessidade vamos utilizando outros recursos.”
O comandante conta que o fogo começou no andar superior e que os bombeiros concluíram que seria melhor colocar uma escada na lateral para controlar as chamas. Na lateral os profissionais teria uma visão melhor do que que se fosse feito pela entrada da loja.
“Quando percebemos que teto de madeira iria tombar, providenciamos o combate às chamas por cima da loja que seria mais eficaz na escada mecânica. O fogo se alastrou rapidamente porque tinha muita madeira seca naquela construção antiga. Felizmente conseguimos controlar as chamas, mas não foi possível salvar a loja.”

HIDRANTES
Em relação às dificuldades dos hidrantes, o comandante disse que os bombeiros fazem verificação continua dos hidrantes na cidades para verificar as condições e a vazão de cada um deles. Também informou que vai avaliar as condições do hidrante próximo ao antigo Hotel Brasil.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }