GERAL

Emedebista critica contratação emergencial de motoristas


  • Por
  • 28/02/2019 - 11h11
Lucas alertou para índice elevado de gasto com folha de pagamento ao criticar contratações emergenciais realizadas (Marcos Luft/Câmara de Vereadores)

Na sessão da Câmara de Vereadores de segunda-feira, 25, o vereador Lucas Lima (MDB) lembrou do limite de gasto com a folha de pagamento e criticou as contratações emergenciais feitas pela administração municipal.
De acordo com Lucas, em 6 de fevereiro de 2017, um dos primeiros projetos enviados para a Câmara pela atual administração pedia extamente o que estava sendo votado nessa segunda.
Lucas citou o pedido de contratação emergencial de quatro motoristas e lembrou do recente concurso público promovido pelo Município.
“Passaram-se dois anos e não deu tempo de perceber a necessidade de contratação dos motoristas? Temos que ter calma na hora de nomear. O índice de gasto com a folha já está em 50,08% e a lei fala em 48% como alerta”.
Lucas ainda lembrou que poderiam ter sido colocadas duas vagas de motorista no concurso público.
“O concursado contribui para o FABS (Fundo de Aposentadoria e Benefício dos Servidores). Aprovando projeto não estamos sendo favoráveis ao sistema de aposentadoria do Município. Dois anos atrás foi aprovado com urgência e agora voltam com o mesmo caráter”, criticou.
O projeto foi aprovado.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }