GERAL

Comunidade escolar da Edi Lippert reivindica faixa elevada


  • Por
  • 19/07/2018 - 11h05
Diretora Maria Elizabet Campos apresentou as razões para que a reivindicação da comunidade escolar seja atendida (Eberson Vargas/AT)

Na manhã da terça, 17, foi realizado um movimento na Marechal Floriano esquina com a 12 de Outubro, nas proximidades da Escola Estadual Edi Lippert. Após quatro acidentes em menos de um ano em cima da faixa de segurança, sendo o último no dia 26 de junho, a comunidade escolar pede que no local seja construída uma faixa elevada ou uma lombada.
A diretora da escola Maria Elizabet Gomes de Campos, explica que no último acidente que ocorreu em junho, o motorista até prestou socorro inicial e levou a menina até a escola, mas ao ser chamado o Samu e acionado a Brigada Militar, os policiais orientaram que como o motorista tinha prestado socorro se dirigisse até o hospital onde seria feito o registro. Porém o motorista não foi e não se conhece a sua identidade.
“Os motoristas não respeitam a faixa de segurança, andam acima da velocidade. Temos o Lar da Menina aqui perto também e não tem nenhuma sinalização alertando que é escola. Tem uma parada de ônibus, que quando o ônibus está parado dificulta a visão de quem vai atravessar a faixa”, alerta a diretora.

ABAIXO-ASSINADO
Já a vice-diretora Cinara Menchik, falou que foi elaborado um abaixo-assinado solicitando que providências sejam tomadas no local. Já foram coletadas 331 assinaturas e as pessoas que desejam colaborar podem ir até a escola com um documento de identificação.
Ainda segundo Cinara também foi enviado um ofício ao Departamento Municipal de Trânsito solicitando providências. “Nós enviamos por e-mail e hoje tinha inclusive um agente de trânsito orientando no momento do protesto. Eles nos responderam que vão solicitar uma conversa com o prefeito e vão estar junto nesta conversa. Nós também solicitamos uma audiência com o prefeito que ficou para a próxima semana, sem data. Então formalmente até agora não temos nada”, explica a vice-diretora.
A Escola Edi Lippert atende 255 alunos nos turnos da manhã e tarde, com turmas do 2º ao 9º ano. As pessoas interessadas em participar do abaixo-assinado podem ir até a escola das 7h30min às 11h50min e das 13h30min às 17h30min.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }