GERAL

Aula inaugural e lançamento da marca deram início às comemorações dos 15 anos do curso de Educação Física


  • Por
  • 16/03/2018 - 10h18
Uma aula inaugural, o lançamento da logo dos 15 anos do curso e da programação a ser desenvolvida em 2018 marcaram o primeiro encontro (URI/Divulgação)

O dia 5 de março foi especial para o curso de Educação Física da URI Santo Ângelo. Uma aula inaugural, o lançamento da logo dos 15 anos do curso e da programação a ser desenvolvida em 2018 marcaram o primeiro encontro de estudantes, professores e funcionários.

A aula inaugural foi ministrada pela egressa Simone Calici Cargnelutti Wüst, idealizadora do método Funcional Dance. Residindo em Porto Alegre, ela atua na área com seu próprio negócio, o “Studio Sano”. Simone relatou sua história dentro do curso e enfatizou que é necessário alimentar os sonhos e ir à luta e que a profissão é maravilhosa. “As relações que se estabelecem durante a faculdade são essenciais para nossa formação, bem como as intervenções realizadas fora da sala de aula, pois dão suporte para o desenvolvimento da profissão”.

Além da aula inaugural, o Colegiado e a Coordenação do curso lançaram a marca dos 15 anos e a programação a ser desenvolvida em 2018. A coordenadora Viviane disse que “são 15 anos marcados por muita dedicação, empenho, comprometimento com a profissão e com a comunidade. É um curso que se movimenta e acredita nos sonhos dos acadêmicos que nele ingressam. Acredita-se que as relações, juntamente com o conhecimento, podem transformar sonhos em realidade”.

 As atividades do curso foram iniciadas em 2003 com formação de Licenciatura Plena, posteriormente dividida em dois cursos: Licenciatura e Bacharelado.

Sempre pensando em integrar os acadêmicos com a comunidade e com a prática profissional, o curso dá ênfase ao desenvolvimento das competências necessárias para a formação de profissionais comprometidos e competentes. Para isso, vai muito além das aulas teóricas e práticas, realizando atividades e projetos em parceria com a comunidade desde os primeiros semestres, proporcionando aos estudantes a compreensão de seu futuro como profissionais.

ATIVIDADE PRÁTICA NA COMUNIDADE É INTENSA

Dentre as atividades desenvolvidas ao longo da faculdade, destacam-se palestras em instituições de ensino, no comércio e indústria da região, com o tema “Atividade Física e Saúde” estimulando um estilo de vida ativo; prática de exercícios físicos em lar de idosos e outras instituições voltadas à saúde; oficinas de esportes para crianças, (atletismo, ginástica, natação, handebol, basquete, lutas, futsal e voleibol) e oficina de dança; oficinas de psicomotricidade relacional.

Bastante intenso também, é o calendário de eventos organizado pelo curso e que acontece durante todo o ano, incluindo Copa URI de Atletismo, Rua de Lazer, Ginastrada, Festival de Minivoleibol, Festival de Handebol, Festival de Natação, Festival de Dança, Semana Acadêmica da Educação Física, Mostra de Pesquisa, Ensino e Extensão do Curso de Educação Física, Palestras para os acadêmicos e comunidade sobre temas atuais para complementar o currículo.

A coordenadora do curso, Viviane da Rosa Deon, observa que os estudantes desenvolvem ainda atividades junto às escolas e instituições da comunidade, como monitorias, arbitragens, gincanas, circuito de atividades motoras.

Ao lado das atividades práticas, merece destaque no curso de Educação Física a participação de professores e acadêmicos em eventos científicos, divulgando os trabalhos de pesquisa e de extensão desenvolvidos.

Na área de extensão, os projetos abrangem públicos de diferentes idades, como o Projeto “Viva a Vida” para os idosos; Análise da prevalência de obesidade em escolares de ensino de Santo Ângelo; Fisiologia do exercício no ensino médio e sua interdisciplinaridade; Exercícios físicos e suas alterações hemodinâmicas e na pressão arterial de indivíduos hipertensos; Ginástica e formação inicial: vivências e concepções dos acadêmicos de educação física da URI Santo Ângelo; Nível de aptidão física em escolares de ensino fundamental anos finais das escolas da rede municipal de Santo Ângelo; História de vida de professores (as) – uma questão de identidade profissional.

 
PUBLICIDADE
`).insertAfter(ps.get(i - 2)); }