GERAL

Acúmulo de parcelas e taxa do lixo provocam reclamações


  • Por
  • 10/04/2018 - 14h55
Longas filas se formaram nas agências lotéricas de Santo Ângelo na tarde desta segunda-feira, 9 (Paula Kroth/AT)

O contribuinte santo-angelense deve estar com o bolso preparado nesta semana. Isso porque, além dos vencimentos normais que ocorrem após o quinto dia útil de cada mês, terá que pagar o IPTU e ainda o IPVA se for proprietário de veículo.
Quanto ao IPTU as reclamações não estão ligadas aos valores do tributo, mas sim ao fato da primeira parcela ter sido prorrogada para o dia 10 de abril sem a prorrogação do prazo final. Ou seja, quem opta pelo pagamento parcelado terá que pagar nesta terça as cotas de março e abril e ainda a primeira das quatro parcelas da taxa do lixo.
Quem pagar em cota única terá que quitar todo o Imposto e toda a taxa de lixo, que é o alvo principal das reclamações dos contribuintes.
O aumento da taxa de lixo é considerado abusivo pela população. Em alguns casos o aumento alcançou os quase inacreditáveis 400%.
Outra queixa é com o atraso na entrega dos carnês, o que provocou a prorrogação do vencimento. Boa parte dos contribuintes ainda não receberam os carnês e, por isso, estão tendo que se deslocar até o chamado Espaço Cidadão para a retirada dos boletos que permitem que o tributo seja pago.
O Espaço Cidadão fica localizado em frente a Câmara de Vereadores, na rua Antunes Ribas.

DEPOIMENTOS
Com os carnês do IPTU em mãos, contribuintes manifestavam sua insatisfação em relação aos vencimentos e aos valores.
Morador do Centro Norte, Sergio Prestes reclama do aumento da taxa de lixo e o fato de ter duas parcelas do IPTU para pagar no mesmo dia.
“É um absurdo esse aumento da taxa. E prorrogar o prazo para pagar não adiantou nada, é bom no bolso deles”.
A moradora do bairro Dido que preferiu não se identificar afirmou. “Subiu demais, pra mim deu um aumento de 400% o valor total, comparado ao ano passado”.

PUBLICIDADE
').insertAfter(ps.get(i - 2)); }