Robocop volta com uma visão brasileira

 

O Cine Cisne exibe a partir desta sexta a nova versão de Robocop, dirigida pelo brasileiro José Padilha, diretor de "Tropa de Elite". "Queria falar sobre a automatização da guerra e as implicações morais e éticas disso", diz Padilha.
O filme se passa em 2028. Já há vários anos os drones têm sido usados para fins militares mundo afora e agora a empresa OmniCorp deseja que eles sejam usados também para o combate ao crime nas grandes cidades. Entretanto, esta iniciativa tem recebido forte resistência nos Estados Unidos. Na intenção de conquistar o povo americano, Raymond Sellars (Michael Keaton) tem a ideia de criar um robô que tenha consciência humana, de forma a aproximá-lo à população. A oportunidade surge quando o policial Alex Murphy (Joel Kinnaman) sofre um atentado, que o coloca entre a vida e a morte.
As sessões são apresentadas às 20h30min, com cópia legendada.
Também estão em cartaz, a animação Uma Aventura Lego, com sessões às 19 horas e 47 Ronins, com sessões às 21 horas.

 

Confira o trailer:

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar