No meio do caminho tem uma árvore, o bueiro ...

Crédito foto Rogério Sartori/AT

 

Preocupados com a segurança de idosos e deficientes visuais alguns moradores da avenida Salgado Filho procuraram a reportagem do jornal A Tribuna para alertar sobre a situação de risco no passeio público daquela avenida.
Na calçada localizada entre a ponte do rio Itaquarinchin e proximidades da rua que dá acesso à Fundimisa são dois pontos considerados perigosos e onde não se entende como a obra foi feita sem a observância dessas situações.
Uma moradora que preferiu não se identificar disse que os trabalhos na frente de sua casa já foram concluídos há aproximadamente quatro meses e que tal situação preocupa pois várias pessoas passam pelo local e alguém pode se acidentar se algo não for feito. “ O piso foi colocado para deficientes visuais, mas pelo que se sabe nenhum deles passa por aqui, pois se passasse
iria cair no rio ou no bueiro”, observa.
O perigo ocorre porque a calçada construída no local termina ou na lateral da ponte ou num bueiro, que ainda tem uma árvore no meio do caminho. Sem contar que a calçada é mais estreita do que o espaço utilizável.
O secretário municipal de Obras, Diorlan Zanetti, disse que não tinha conhecimento do fato, mas que a situação vai ser verificada. Ele explica que se algo está fora do projeto original terá que ser adequado da melhor maneira para evitar acidentes e ficar em conformidades com a legislação. Diorlan informa que o piso tátil está sendo instalado por uma empresa terceirizada e que isso faz parte de uma adequação à uma lei Federal. Essa adequação, segundo ele, é importante, também, para que o Município se credencie a receber recursos da União para a manutenção do asfalto, entre outras obras de mobilidade urbana.
Diorlan também informou que onde foi feito asfalto novo, o piso tátil vai ser instalado nas calçadas. Já foi feita a colocação na avenida Getúlio Vargas, 15 de Novembro, Antunes Ribas, Gaspar Martins e avenida Rio Grande do Sul.
O secretário não estabeleceu prazo para que o problema seja corrigido.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar