Polícia indiciou o pai, a madastra e a amiga pela morte do menino Bernardo

 

Na tarde desta terça-feira, 13, em a coletiva realizada no salão de atos da Unijuí de Três Passos, a policia indiciou o pai Leandro Boldrini, a madrasta Graciele Ugulini e a assistente social Edelvania Wirganovicz por homicídio. Porém o irmão de Edelvania, Evandro Wirganovicz, irmão da assistente social, cujo o carro foi encontrado próximo ao local onde o menino foi enterrado um dia antes, não foi apontado pela polícia como autor do crime nesse momento.

 

Segundo a delegada Caroline Banberg, há suspeitas de que o pai teria fornecido a receita médica necessária para que a madastra comprasse o medicamento Midasolan, que segundo ela, teria sido dado para o menino.   A principal prova da polícia é o auto da necropsia, que é a análise toxicológica, que comprova a presença do medicamento no corpo do menino.

 

Segundo Caroline, as escutas telefônicas em que os três advogados de defesa combinam “inocentar” Leandro é uma das provas que podem ser consideradas concretas. Além disso, o medicamento Midasolan teria saído da própria clínica do pai de Bernardo, e a afirmação de Leandro de que o menino não teria nem voltado da cidade de Três Passos, onde teria ido com a madastra para comprar um aquário.

 

A polícia divulgou que, entre as qualificadoras do homicídio, está o fato de que Edelvânia recebeu dinheiro para colaborar na empreitada criminosa, bem como teria ajuda financeira para quitar as parcelas do seu apartamento. Outra prova seria as dificuldades de convivência entre o pai, a madastra e Bernardo.

 

Neste momento, participam da coletiva, Caroline Banberg Machado, delegada titular do inquérito, Cristiane de Moura de Silva Bauss, delegada regional de Três Passos, Guilherme Wondracek, Chefe de Polícia do estado, Mário Wagner, diretor do departamento de polícia do interior, e Marion Volino, delegado da região. O documento foi finalizado com 11 volumes e mais de duas mil páginas, e levado por agentes da Polícia Civil do município ao Fórum durante a manhã.

 

 

Foto: Neila Daronco/A Noticia Regional

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar