Admitido atraso no licenciamento das viaturas

Crédito foto: Rogério Sartori/AT

 

O major Claudemir Bertoglio, comandante do 1º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, esteve em Santo Ângelo na tarde dessa terça-feira, 2, quando confirmou algumas dificuldades que o órgão esta passando com relação a efetivo e recursos, mas destaca que de certo modo os policiais estão se desdobrando e os resultados estão sendo positivos com relação a diminuição das mortes nas estradas.
Sobre a informação que o licenciamento das viaturas do Grupo de Santo Ângelo estaria vencido, Bertoglio confirmou, mas disse que aconteceu por uma questão burocrática e não financeira. Salientou que ele mesmo foi o responsável pelo encaminhamento do pagamento.
“ O importante é que o serviço não está sendo prejudicado pois as viaturas tem placas com finais diferentes, para evitar o vencimento ao mesmo tempo”, destaca. Entretanto, as duas viaturas que estavam no local onBertoglio
(direita) confirmou atraso mas disse que problema foi burocrático e não financeiro
tem possuem placas com finais 4 e 6, cujo vencimento já ocorreu.
Em média cada grupo rodoviário tem duas viaturas. “São 11 grupos, e em cada grupo tem duas viaturas, além de duas de reserva em cada sede. Com as motocicletas esse número passa de 40 viaturas”, destaca.
Bertoglio reforça que nos próximos dias as viaturas estarão nas estradas e que se precisaraté mesmo de um reforço pode ser solicitado.
Disse que em Santo Ângelo tem uma viatura que foi colocada para substituir as que estão paradas, além das motocicletas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar