Investigações apontam que Jean não estaria dirigindo o automóvel na hora do acidente

 

 

 


 

Na próxima semana a policia já terá o nome de quem dirigia o Gol. A identidade de quem dirigia o Gol, que se envolveu em um acidente de transito, onde vitimou uma mulher de 25 anos, durante a manhã do domingo, 16, será conhecida na próxima semana.

 

Durante o atendimento na ocorrência os Policiais tiveram acesso aos documentos de Jean Paulo Fritsch, de 21 anos, mas depois isso foi contestado por ele e testemunhas, então a policia instaurou inquérito policial, e está investigando o caso, que será esclarecido na próxima semana.

 

Jean que teve o nome divulgado como sendo o motorista do Gol, já foi ouvido e disse, não ser o motorista do veiculo, e que tinha esquecido seus documentos dentro do veículo envolvido no acidente. As duas testemunhas de Jean, foram ouvidas e disseram que, ele não dirigia o veículo.  Na próxima semana devem sair alguns resultados de pericias e exames, então será possível saber quem de fato dirigia o Gol.

 

Segundo O Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Santa Rosa, o acidente ocorreu por volta das 8 horas, do domingo, 16, na ERS 344, km 74, próximo ao rio Comandaí, no município de Giruá. O veículo Gol trafegava no sentido Santo Ângelo – Giruá, quando acabou colidindo frontalmente com o veículo Golf que seguia no sentido contrário.

 

A Polícia não descarta a possibilidade de ultrapassagem indevida no local. Dentro do Gol estariam o motorista e um passageiro, no interior do Golf estaria a mulher de 25 anos, que no final da tarde do domingo, veio a óbito. Também estavam no veículo o motorista e o filho do casal, de um ano de idade, pai e filho tiveram algumas escoriações, mas passam bem.

 

Foto: André Steinhaus/Especial

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar