Entidades de Caibaté se mobilizam em mutirão de combate à dengue


 

Diante do significativo número de casos de den­gue em Caibaté, nas Missões, entidades do município uniram esforços em um mutirão de limpe­za durante essa semana. A ação conjunta contou com o envolvimento da Emater/RS-Ascar, administração municipal, Secretaria Estadual de Saúde, entidades e comércio do município.

 

Ruas, quintais e arredores de residências e estabe­lecimentos comerciais foram vistoriados. Foram lim­pos recipientes com água acumulada que contribuem para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, tais como vasos de plantas, potes de alimentação de ani­mais domésticos, lonas, caixas d’água, entre outros, e também objetos e lugares que armazenavam água da chuva, como calhas, poças e pneus velhos. Também houve o recolhimento de lixo em matas e próximo a vertentes que pudessem conter as larvas do mosquito.

 

Ao longo da RS 536 foram retiradas 10 cargas de entulho próximo à rodovia, com a ajuda de uma cami­nhonete e outras 60 cargas foram removidas nos arre­dores da cidade com um caminhão caçamba. “Se todos fizermos nossa parte, colaborando para diminuir a proliferação do mosquito, agindo de forma conscien­te, vamos conseguir acabar com essa doença”, observa o extensionista Guido Sauzen, que, acompanhado do colega Jaderson dos Anjos Toledo, representaram a Emater/RS-Ascar no mutirão.

 

No município, o maior número de focos do mos­quito foi encontrado no cemitério da cidade, onde es­tavam vasilhames, vasos de plantas, recipientes, ca­nais que armazenavam água da chuva, entre outros.

 

Foto: Emater/Divulgação

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar