Já está em vigor nova regra do seguro-desemprego


 

A nova regra do segu­ro-desemprego passou a valer para quem foi demi­tido a partir do último sábado 28, segundo informou o Ministério do Trabalho. Portanto, as mudanças valerão para esses traba­lhadores que darão en­trada no pedido a partir de hoje, 2.

 

“A vigência da Medida Provisória [que estabe­lece as novas regras] co­meçará 60 dias a partir da data da publicação. Sen­do assim, as novas regras incidirão nos trabalha­dores demitidos a partir do dia 28 de fevereiro de 2015”, diz o Ministério do Trabalho. Com as mudanças, o trabalhador que solicitar o benefício pela primeira vez deverá ter trabalhado por 18 meses nos 24 me­ses anteriores.

 

De acordo com as no­vas regras, na segunda solicitação do benefício, ele terá de ter trabalhado por 12 meses nos 16 me­ses anteriores e, a partir da terceira solicitação, terá de ter trabalhado, pelo menos, por seis me­ses ininterruptos nos 16 meses anteriores.

 

De acordo com o Mi­nistério da Fazenda, na primeira solicitação, o trabalhador poderá re­ceber quatro parcelas se tiver trabalhado entre 18 e 23 meses nos 36 meses anteriores. Poderá rece­ber cinco parcelas se tiver trabalhado a partir de 24 meses nos 36 meses an­teriores. Já na segunda solicitação, ele poderá re­ceber quatro pardelas se tiver trabalhado entre 12 e 24 meses nos 36 meses anteriores.

 

PENSÃO POR MORTE

 

A partir da terceira solicitação do seguro-desemprego, vale a regra anterior, que prevê o re­cebimento de três parce­las para quem trabalhou entre 6 e 11 meses nos 36 meses anteriores.

 

Para receber quatro parcelas do seguro-de­semprego, ele terá de ter trabalhado entre 12 e 23 meses nos 36 meses an­teriores e, para receber cinco parcelas, terá de ter trabalhado por, pelo me­nos, 24 meses nos 36 me­ses anteriores.

 

Foto: BD

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar