Estudantes da Rede Municipal de Ensino de Santo Ângelo retornaram às aulas


 

De acordo com a se­cretária de Educação, Rosa Maria de Souza, o número de alunos matri­culados nas 42 escolas do município, em 2015, deve ultrapassar os 5 mil. “Os dados oficiais só deverão ser divulgados no final de março, pois em algumas escolas ainda estão sendo realizadas matrículas para séries que possuem va­gas”, destacou.

 

Antecedendo o retor­no dos alunos às escolas, a Secretaria de Educação promoveu em 19 de fe­vereiro, uma Formação Continuada destinada aos professores. O evento marcou o início do Ano Letivo 2015.

 

Além da preparação do corpo docente da Rede Municipal de Ensino, a Se­cretaria de Educação reali­zou obras de melhorias em quatro educandários: nas escolas de Ensino Fun­damental Mario Piratini da Rosa, do bairro Nova; Doutor Ulisses Rodrigues, do bairro Kurtz; Zelina Monteiro Lemos, bairro Centro-Sul e na Escola de Educação Infantil (EMEI) Tótilas Carvalho, do bair­ro Jari. Os investimentos chegam a quase R$ 200 mil.

 

Ainda conforme Rosa, uma das principais ex­pectativas da Secretaria de Educação está relacio­nada à melhoria do Índice de Aprendizagem dos alu­nos da Rede Municipal de Ensino. Em 2013, a Escola Municipal de Ensino Fun­damental Liberato Salza­no da Cunha foi destaque alcançando média de 6,2 para as Séries Iniciais no Índice de Desenvolvimen­to da Educação Básica (Ideb).

 

A média é superior à estabelecida pelo Minis­tério da Educação (MEC) para 2013 que era de 5,4. A nota atingida pela Es­cola Liberato Salzano da Cunha era esperada para 2019.

 

EDUCAÇÃO INFANTIL

 

Segundo a secretá­ria de Educação, como existe a obrigatoriedade das crianças a partir dos 4 anos estarem frequen­tando aulas na Pré-Escola (para crianças com 4 anos e 5 anos), o número de turmas nesta modalidade foi ampliado. Além das vagas já existentes, foram criadas quatro turmas de Pré-Escola, garantindo a geração de cem novas va­gas.

 

Já na modalidade cre­che (crianças até 3 anos), como a demanda é grande, Rosa explicou que a Se­cretaria de Educação, está aumentando gradativa­mente o número de vagas. Até 2024 o município deverá atender 50% da po­pulação nesta faixa etária. Rosa destacou que atual­mente o número de vagas existentes atende 36% da demanda.

 

Foto: Vanessa Nothen/AI

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar