Milho apresenta perda na produtividade


 

A Emater Regional de Santa Rosa divulgou na última sexta-feira, 13, dados sobre os 45 municípios de abrangência, entre eles Santo Ângelo. Os resultados apontam que devido à estiagem nas fases de desenvolvimento vegetativo e floração na primeira safra de milho, as perdas estão estimadas em torno de 2% na produtividade atual.

 

Com essa projeção, a produtividade cairia de 91 sacas por hectare, que é a inicial estimada, para 89,5 sacas/ha. A colheita do milho precoce está sendo finalizada bem com a ensilagem de planta inteira. Algumas variedades estão apresentando alta incidência de ferrugem no final do ciclo.

 

O milho safrinha encontra-se em desenvolvimento vegetativo e em algumas lavouras do cereal, os agricultores estão aplicando a adubação nitrogenada. Entre a primeira e a segunda safra, foram cultivados em torno de 158,4 mil hectares na região administrativa do órgão sediada em Santa Rosa.

 

SOJA

 

Foram cultivados 695 mil hectares com soja, na região da Emater. A oleaginosa apresenta excelente desenvolvimento.

 

A maior parte das lavouras encontra-se nos estágios reprodutivo e também em floração e enchimento de grãos.

 

Comercialização da safra 2014/2015

 

No levantamento anterior, de 12 de janeiro, o número era de 32%. No mesmo período do ano passado, a comercialização envolvia 58% e a média para o período é de 54%.

 

Levando em conta uma safra estimada em 95,02 milhões de toneladas, o volume de soja já comprometido chega a 36,093 milhões de toneladas.

 

No Rio Grande do Sul, o número é de 18%, contra 32% no ano anterior e 31% na média.

 

Foto: Banco de Dados/AT

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar