Piratini vai priorizar convocação de professores concursados

 

O governador José Ivo Sartori e o secretário de Educação, Viera da Cunha, receberam nesta semana a direção do sindicato dos professores para tratar das reivindicações da categoria. O governo sinalizou que vai priorizar a convocação de professores aprovados no último concurso do magistério para ocupar as vagas necessárias para o início do ano letivo.

 

No encontro, o Cpers-Sindicato apresentou a pauta da categoria, que inclui itens como pagamento do piso do magistério (reajuste de 13,01% mais 34,67% que ficou do governo anterior), nomeações de novos professores e prioridade para os professores que foram exonerados em dezembro nas áreas em que não houver concursados, no caso de contratos emergenciais.  

 

 

Segundo o secretário, a Secretaria da Fazenda fará um estudo do impacto financeiro das outras reivindicações, como fim do estorno do vale-refeição na folha de pagamentos dos professores. O secretário reiterou que o Estado não tem condições de pagar o piso do magistério sem repasse de verbas por parte do governo federal.

 

Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini

 

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar