Estruturação do Plano Municipal está em debate

 

Os membros da Comissão de Adequação do Plano Municipal de Educação (PME) reuniram-se na sede do Instituto Federal Farroupilha de Santo Ângelo. O encontro contou com a participação de representantes de instituições de ensino superior do município, Secretaria de Educação e 14ª Coordenadoria Regional de Educação (14ª CRE) e teve como pauta a estruturação PME.

 

Em Santo Ângelo, o trabalho está sob a coordenação da diretora pedagógica da Secretaria de Educação, professora Sônia Obermeier; representante da Iesa, professora Vera Werle e da diretora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IFF, professora Rosane Rodrigues Pagno.

 

Segundo a diretora pedagógica da Secretaria de Educação, professora Sônia Obermeier, todos os municípios brasileiros deverão adequar ou elaborar os Planos de Educação. “O trabalho a ser feito envolve levantamento de dados e informações, estudos, análises, consultas públicas, decisões e acordos políticos. Outra premissa importante da estruturação é que os planos precisam estar alinhados ao Plano Nacional de Educação (PNE) e ao Plano Estadual de Educação (PEE)”, ressaltou Sônia, acrescentando que por isso, as reuniões da Comissão de Adequação do PME são indispensáveis para a construção das metas.

 

Já a secretária de Educação de Santo Ângelo, Rosa Maria de Souza, explicou que o Plano Municipal de Educação deve ser do município, e não apenas da Rede Municipal de Ensino ou do sistema municipal. “O PME é de toda a população do município portanto, todas as necessidades educacionais do cidadão devem estar presentes no plano, o que vai muito além das possibilidades de oferta educacional direta do poder público.

 

Também não se trata da iniciativa de uma administração ou da Secretaria de Educação, pois atravessará mandatos de vários prefeitos. Este envolve as três esferas de gestão e representações de diversos segmentos da sociedade. Dessa forma, a elaboração do PME requer um amplo e democrático processo de debate não apenas dos gestores em Educação, mas também de lideranças da comunidade do município”, finalizou Rosa.

 

Foto: Banco de dados/AT

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar