HSA quer 1 milhão mensal para garantir a UPA

 

 

Em reunião realizada nesta quarta-feira, 5, a direção do Hospital Santo Ângelo (HSA) informou ao prefeito Valdir Andres, que para gerir a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) são necessários aproximadamente R$ 1 milhão.

 

Segundo o provedor do HSA, Bruno Hesse, o tema foi amplamente discutido entre os membros da diretoria e ficou definido que a entidade não assumirá a gestão da UPA pelos valores colocados à disposição pelo governo federal (R$ 300 mil) e governo estadual (R$ 250 mil).

 

Hesse destacou ainda que mesmo que a casa de saúde aceitasse gerir a UPA teria dificuldade na contratação de profissionais, principalmente, de médicos pediatras. Conforme estudo realizado pelo HSA para iniciar as atividades da UPA seria necessário a contratação de 150 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos e funcionários para o setor administrativo.

 

Como opção para viabilizar a abertura da UPA, a direção do HSA sugeriu a mudança de porte da UPA de 2 para 1 e uma parceria público-privada na gestão, com o município relocando  profissionais  de outros Postos de Saúde e da própria Secretaria de Saúde e o HSA gerindo a UPA com os recursos já sinalizados pelos governos federal e estadual.

 

O prefeito Valdir Andres estudará a possibilidade ressaltando de que o município não pode prejudicar o atendimento dos vários Postos de Saúde localizados em vários pontos da cidade e do interior.

 

A DIFERENÇA DA UPA DE SANTA ROSA

Durante a reunião ficou constatado que a UPA de Santa Rosa, que já funciona e com a gestão do Hospital Vida e Saúde, por um valor de R$ 650 mil, foi construída ao lado da casa de saúde, o que não aconteceu em Santo Ângelo. Aqui, o prédio foi edificado no bairro Pippi e, portanto distante das atuais estruturas dos hospitais.

 

Além de Hesse, estiveram reunidos com o prefeito Andres, o vice-provedor do HSA, Odorico Bessa Almeida e os membros da diretoria, Estevão Mor, Angelo Garrafa e Fernando Londero. A vice-prefeita de Santo Ângelo, Nara Damião Makvitz e a secretária de Saúde, Claudete Cruz também participaram da reunião.

 

Fonte: AI/ Prefeitura de Santo Ângelo

 

 

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar