Finados: Número de visitas aos cemitérios deve ser reduzido por causa do mau tempo

 

Melhorias foram realizadas nos cemitérios

 

A chuva registrada desde a quinta-feira, 30, na Capital das Missões dificultou os preparativos, nos dois cemitérios mantidos pelo município, para o dia dos finados. Um público reduzido compareceu em ambos os campos santos nos dias que antecedem o dia dos finados, em comparação ao período do ano passado quando três dias antes o fluxo de pessoas era expressivo.



Segundo o coordenador de cemitérios ligado à Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, Leandro Antunes Teixeira, mesmo com chuva uma equipe de servidores do órgão tem trabalhado na para realizar melhorias nos locais desde a semana passada. Por conta do tempo chuvoso, a dificuldade que os familiares enfrentam para limpar os jazigos aumenta.



Ele lembra que há cerca de duas semanas, uma equipe de cinco servidores da secretaria vem fazendo o recolhimento da sujeira do local. "Foi feita uma pintura nos campos santos, nossa proposta é deixar os cemitérios com uma aparência mais saudável para a população visitante," afirma Leandro.



O quadro de profissionais foi reforçado para finalização da limpeza nos cemitérios Roque Gonzales e Sagrada Família. Entre os locais mais visitados está a Cruz Mestra, localizada nos fundos do Sagrada Família onde são acesas as velas, colocadas as flores e realizadas as orações no dia dos finados. A missa que tradicionalmente é celebrada às 9 horas do dia 2 de novembro, em caso de chuva, será suspensa.

 

Foto: Danton Mousquer/AT

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar