Altas temperaturas interferem na rotina dos missioneiros

 

Que calor! Essa frase provavelmente foi uma das mais repetida pelos missioneiros nas últimas semanas. E com razão. Os mais de 40ºC de sensação térmica têm interferido na rotina da população. O mal estar causado pelo calor excessivo é uma das principais reclamações. E haja climatizadores ou ventiladores para refrescar. Nessas horas o sorvete e a água gelada também se tornam grandes aliados.

 

Com as altas temperaturas, até quem adora calor começou a estranhar. É o caso do dançarino Zulu Airon, segundo ele, os ensaios do grupo em que dá aulas de dança estão sendo prejudicados. “A sensação é de queimar a pele, pois além do calor, quando dançamos aumentamos ainda mais a temperatura corporal. Sem uma garrafa de água do lado não dá,” avalia. Nessas horas, deixar o local do ensaio bem ventilado e dar pausas mais frequentes nas atividades tem sido a única opção.

  

Meteorologia

 

2014 deve ser o ano mais quente da história.  A estimativa é da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), agência americana de estudos meteorológicos que computa dados climáticos desde 1880.

 

Para a meteorologia, o fenômeno responsável por altas temperaturas fora da época prevista chama-se El Niño. Ele provoca um aquecimento anormal das águas. Além disso, altera a dinâmica atmosférica e estabelece uma tendência a elevar as temperaturas.

 

Saúde

 

O desconforto causado pelo calor é um inimigo de uma noite bem dormida.  Antes de colocar o pijama, tomar um banho com água morna – e não gelada – pode ajudar a enfrentar o calor intenso. Durante o dia é importante manter o corpo hidratado, o organismo precisa repor o líquido perdido com a transpiração. Cerca de 1,5 litro de água por dia costuma ser suficiente.

 

 

 Foto: Natani Paz/AT

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar