Sem julgamento do dissídio, Banrisul permanece em greve

 

 

 

 

Sem julgamento do dissídio coletivo dos funcionários do Banrisul pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região, a categoria decidiu ontem permanecer em greve por tempo indeterminado. A paralisação iniciou no dia 30 de setembro e hoje chega ao seu 23º dia.

 

A presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários (Seeb) de Santo Ângelo e Região, Carmem Narcisa Dalmaso, anunciou que para a manhã desta quarta-feira, 22, defronte à agência central do banco, está marcada uma nova assembleia para a categoria avaliar o movimento.

 

A sindicalista salienta que os servidores da instituição financeira reivindicam principalmente a implementação imediata do Plano de Carreira (PC), que é uma luta histórica dos trabalhadores. Ela esclarece que ontem a direção do Banrisul ajuizou o dissídio da categoria. “No entanto, não foi marcada ainda a data do julgamento pelo TRT. Os bancários aguardam uma manifestação do Tribunal”, justifica.

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar