Escolas da rede municipal se destacam em avaliação do MEC

 

 

 

 

Dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), no início do mês de setembro, revelam que as escolas da rede municipal de ensino superaram as metas estabelecidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação de 2013 (Ideb). A avaliação, realizada a cada dois anos, envolveu o 5º ano, a 8ª série e o 9º ano de educandários do município e do Estado.

 

De acordo com a secretária municipal de Educação, Rosa de Souza, o índice geral obtido pelo 5º ano em 2011 era de 5.0, e em 2013 passou para 5.4, superando assim a meta estabelecida pelo MEC de 5.1. Segundo a secretária, o grande destaque foi a Escola Municipal de Ensino Fundamental Liberato Salzano Vieira da Cunha que obteve índice de 6.2, em 2013, superando o índice de 4.7, referente a 2011. Em relação à 8ª série e 9º ano, a Escola Liberato passou de 4.2 em 2011 para 4.9 em 2013. Esse resultado supera a meta estabelecida pelo MEC de 4.8.

 

Outra escola que obteve índice positivo nos anos iniciais foi a Escola Municipal de Ensino Fundamental José Alcebíades de Oliveira que passou de 5.7 para 5.9. Os números das duas escolas estavam projetados para 2017 e 2019. “É um crescimento expressivo que evidencia a melhoria da qualidade do ensino. Com esse resultado a Escola Liberato Salzano Vieira da Cunha obteve na avaliação das séries iniciais o 1º lugar na rede municipal e o 3º no geral. Enquanto nos anos finais ficou em 1º lugar na rede municipal e 2º lugar no geral”, explica a secretária Rosa.

 

Já em relação ao resultado obtido pela 8ª série/9º ano, o Ideb das escolas municipais passou de 4.0 para 4.3. A secretária Rosa observa que apesar de não ser um número ideal também reflete avanços importantes, superando o Estado que ficou em 4.1 - cuja meta estabelecida pelo MEC era de 4.4.

 

AÇÕES DO MUNICÍPIO

A secretária Rosa de Souza conta que os números refletem as ações que a administração municipal vem realizando nos últimos anos. “Foram investimentos na melhoria da infraestrutura das escolas, cursos de formação continuada e seminários aos professores e os profissionais que atuam na área da educação, visando aprimorar o trabalho em sala de aula”, destaca.

 

A diretora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Sônia Obermeier, por sua vez, salienta que os números são significativos comparados às escolas da rede estadual cujo destaque foi o Colégio Estadual Onofre Pires que ficou em 1º lugar na avaliação do Ideb.

 

No entanto, salienta que algumas escolas do município ficaram abaixo da meta projetada pelo MEC de 4.4, devido a fatores como rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono), assim como médias de desempenho no Prova Brasil que tem uma escola de 0 a 10.

 

 

Foto: Cristiano Devicari/Especial AT

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar