Sessão legislativa estudantil possibilita o envolvimento de estudantes nos projetos públicos

 

A Câmara de Vereadores ganhou uma visita mais do que especial na segunda-feira. Uma sessão “pinga-fogo”, onde os estudantes assumiram o papel de legisladores e tiveram a oportunidade de apresentar, discutir e votar metérias. A primeira Sessão Legislativa Estudantil envolveu 15 alunos, com idade entre 9 à 15 anos, de seis escolas da rede municipal.  

 

Durante o espaço, os jovens ocuparam a tribuna, e em seus pronunciamentos expuseram as principais necessidades de suas escolas e bairros. As atividades contaram com a supervisão e apoio de vereadores e servidores da Casa Legislativa. A Secretária Municipal de Educação, Rosa Maria de Souza, assim como professores, pais e demais estudantes acompanharam a sessão.

 

A iniciativa tem como objetivo estimular a participação dos estudantes na prática legislativa e no exercício da cidadania. Além disso, visa fazer com que os jovens alunos compreendam na prática, as atribuições e a forma com que os trabalhos acontecem no Poder Legislativo Municipal.

 

Houve toda uma preparação antes da atividade. Tudo iniciou nas salas de aula, onde os alunos fizeram pesquisas sobre o Parlamento. Os 15 participantes da sessão foram escolhidos através de voto secreto dos representantes das escolas envolvidas. Dentre as reivindicações destaca­ram-se questões relacio­nadas à acessibilidade, melhorias na infraestru­tura das escolas e aquisi­ção de equipamentos.

 

De acordo com o presidente da Câmara, Vinícius Makvitz (PMDB), que também esteve orientando os alunos durante as atividades, todas as solicitações expostas serão analisadas e encaminhadas aos setores competentes do Executivo Municipal. A sessão estudantil será realizada anualmente em parceria com a Secretaria Municipal de Educação.

 

 

Foto: Fernando Gomes/Câmara de Vereadores 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar