I-Radi recebe equipamento ultra moderno de ressonância magnética

 

A I-Radi – Radiologia Digital, que está em fase de estruturação na rua Antônio Manoel, ao lado do Hospital Santo Ângelo, montou uma grande operação para descarregar e montar um equipamento ultramoderno de ressonância magnética digital que chegou a Santo Ângelo na tarde desta terça-feira, dia 5.

 

Segundo um dos sócios, o médico urologista Flávio Christensen, a máquina GE Optima 360 Advanced 16 canais, é composta por algumas peças importadas e foi montada em Contagem/MG. É isenta do uso de contraste, emite menos ruídos na sala de exame, garante mais agilidade e rapidez na realização dos procedimentos e traz uma economia de energia em torno de 30%. “Em média, um exame realizado em outro equipamento demora 40 minutos. Esta máquina agiliza o processo e fica pronto em cerca de 20 minutos”.

 

Com o equipamento será possível realizar exames de ressonância do sistema nervoso central, angioressonância, ressonância de articulações, ressonância cardíaca – tanto anatômica como funcional, ressonância de mama, articulações, coluna, etc. Poderão ser realizados em média 80 exames por dia, nos três turnos, através de convênios, particular, SUS e prefeituras. “Santo Ângelo ganhará uma das mais modernas clínicas do interior do estado”, garante Christensen.

 

Na I-Radi, o paciente poderá fazer exames de raio x digital, ultrassonografia e densitometria óssea. O investimento foi de R$ 3 milhões. A clínica foi projetada pelos sócios: médicos traumatologistas José Salomão e José Salomão Júnior, Miguel de Souza, Jaime Barbosa e Nilton Heidmann, o oncologista Lorenço Sangoi e o neurocirurgião Aurélio Steglich. O radiologista responsável é Paulo Novack.

 

 

Foto: Rogério Sartori/AT

 

 

 

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar