Barcos dispara contra a arbitragem em Itaquera: 'Tudo para eles'

 

Na noite deste domingo, o Grêmio realizou um confronto direto com o Corinthians, pensando em encaminhar sua vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América. Entretanto, o compromisso entre técnicos gaúchos em São Paulo terminou favorável a Mano Menezes, que levou seus comandados ao triunfo, por 1 a 0. O gol da vitória mandante foi anotado pelo centroavante peruano Guerrero, aos 37 minutos do segundo tempo.

 

Visivelmente frustrado, o centroavante tricolor Barcos deixou o gramado do Itaquerão inconformado com a arbitragem do mineiro Ricardo Marques Ribeiro, que pertence ao quadro da Fifa. Na visão do capitão, o juiz foi desigual em suas marcações, comprometendo a atuação dos visitantes. "Foi tudo era para eles. Falta, lateral, tiro de meta...porém, faz parte. Já sabemos como é", polemizou.

 

Por sua vez, o zagueiro Rhodolfo, que não conseguiu evitar o tento de Guerrero com seu carrinho, tratou de levantar a cabeça e pensar nos compromissos restantes. "É complicado. Tentamos do começo ao fim e criamos boas chances. O Corinthians tem qualidade e provou que precisa de poucas chances para triunfar. Agora precisamos vencer os jogos restantes e seguir acreditando. A vaga ainda é possível", ressaltou, em entrevista ao canal Premiere.

 

 

Giuliano não atribuiu à arbitragem a derrota, mas disse que o time tricolor ficou irritado com as decisões e isso influenciou no jogo. "O jogo foi muito parado e ele inverteu algumas bolas. Ele não interferiu no resultado, mas acabou nos irritando." Felipe Bastos, por outro lado, lamentou o gol tomado na parte final da partida: "Tomamos um gol que não podia ter tomado. Agora a gente não depende só da gente."

 

 

Com o resultado frustrante, o Grêmio fica estacionado nos 60 pontos, ocupando o sexto posto, atrás do Atlético-MG (61). O grupo dos quatro primeiros colocados, capitaneado pelo campeão Cruzeiro (76), é formado por São Paulo (69), Corinthians (66) e Internacional (63).

 

 

O próximo compromisso do Tricolor gaúcho ocorre no dia 30 de novembro, domingo, às 19h30 (de Brasília), diante do ameaçado Bahia, na Arena Fonte Nova. O Esquadrão de Aço figura na incômoda antepenúltima posição, somando apenas 34 unidades.

 

 

Foto: Guetty

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar